Carta para o teu melhor amigo.

Meu maninho lindo, como é que vou começar isto?
Começamos a nossa amizade num 26 de Setembro, que a minha prima tinha-me dado o teu número, e eu queria-te conhecer. Até que passaram 3 ou 4 meses, e tinhas-me perguntado se queria ser a tua maninha, e eu é claro que aceitei, porque antes de teres perguntado já eras como um, embora tenha sido em tão pouco tempo, acredita que eras a pessoa com quem falava todos os dias, com quem mais ria, com quem mais confiava. Sempre foste aquele que me deu os melhores conselhos, embora já tenha tido discussões contigo. Até que um dia, em Abril ou Maio, tivemos uma discussão, uma discussão de 1 mês, ou assim, e tinhas-me dito que não serias tu a pedir desculpa, mas a culpa não só tinha sido minha, ou tua, foi dos dois. Eu desde ai , sempre pensei em ti, sempre. Mas não conseguia mandar-te uma msg a pedir desculpa, e foste tu, que num dia que estava numa festa, recebi uma msg tua a dizer que a culpa era tua, e que não me estava a pedir para o desculpar, mas que o fizesse se eu queria, e desculpei. E numas semanas depois, saímos, com a minha prima e com alguns amigos do liceu. E começavas a gozar comigo pela mesma coisa ( tadinha de mim :c ). Mas nesses dias já não falávamos muito, e tudo isto desde que começas-te a namorar, e não, não estou a dizer que a culpa foi disso.
Maninho, 10 meses a aturar-te, a rir-me contigo, e embora já nem falemos tanto, sempre vais ser o melhor.
Não há muita inspiração.

5 comentários:

Patríciaa disse...

Sigo *

Lúcia Pereira disse...

gostei muito deste post (:

Mariana ;) disse...

de nada ;) desculpa não ter respondido antes, mas nao vim ao blog, desculpa mesmo!

Joana @ disse...

NÃO (:

disse...

obrigada, e gostei muito também :)