Sou como sou.

Sou das que odeiam o trafico, o ruído, o excesso de gente, das que se entregam ao máximo sem esperar nada a cambio, das que acham que os sonhos se fazem realidade, das que acham que querer não é poder e penso que faça o que faça afinal acabo por fazer asneiras. Sou a típica rapariga que tem duas caras, a que tem ao estar com ele, e a que tem ao estar com o resto das pessoas. Odeio falsidade, a mentira, odeio que não cumpram as promessas, odeio que a gente só olhe por ela mesma, deixando os sentimentos dos demais a parte. Odeio a gente que critica aos demais sem olhar-se a eles primeiro. Odeio a gente que vê a mrd do vizinho mas não vê a sua própria. Não é que seja rapariga ciumenta, mas tenho sentido da propriedade, o que é meu, é meu e de mais ninguém. Sou carinhosa, mas reconheço, as vezes um bocado arisca. Adoro que me busquem, que me abrasem, que me agarrem a mão .. Adoro a palavra AMOR e cada uma das suas letras. Adoro ficar até tarde falando com os amigos, do meu passado, do presente e do meu futuro. Sou das que escreve nos vidros embaciados, sem apenas dar-se conta, corações. Não é que seja desconfiança, é que gosto de prevenir. Sou realista, sonhadora, compulsiva.. sou como sou, e ninguém pode mudar-me.

Sem comentários: