Aprendi.



Aprendi que os amores, podem chegar por surpresa, ou terminar numa noite. Que grandíssimos amigos podem voltar-se grandíssimos desconhecidos, e que pelo contrario, um desconhecido pode voltar-se alguém inseparável. Que o nunca mais, nunca se cumpre, e que o para sempre, sempre termina. Que quem ama, pode, o segue, o logra e o consegue. Que quem arisca não perde nada, e quem não arisca, não ganha. Que o físico, sim, atrai, mas a personalidade apaixona. Que se queres ver alguém, diz-lhe, amanhã será tarde. E sobretudo, aprendi que não serve absolutamente nada, seguir negando o evidente.

4 comentários:

beatrizpereira disse...

está lindo *

beatrizpereira disse...

obrigado minha querida <3

branwyn disse...

adorei e é tão verdade!
apaixonei-me pelo blog! vou seguir *

m. disse...

obrigada (:
« não serve absolutamente nada, seguir negando o evidente » gostei (: